Sexta, 21 de Junho de 2024
24°

Tempo nublado

Itaituba, PA

Saúde Referência

Com mais de 50 mil atendimentos, HRBA é referência em oncologia no oeste paraense

Entre dezembro de 2022 e julho deste ano, unidade registrou 604 novos casos da doença. Regional é habilitado como Unidade de Assistência de Alta Complexidade em Oncologia

31/08/2023 às 21h41 Atualizada em 31/08/2023 às 21h51
Por: Da redação Fonte: Agência ParáCom mais de 50 mil atendimentos, HRBA é referência em oncologia no oeste paraense
Compartilhe:
Com mais de 50 mil atendimentos, HRBA é referência em oncologia no oeste paraense

Há quase três meses, a esteticista Maria do Socorro da Silva Printes, 54 anos, começou o tratamento oncológico no Hospital Regional do Baixo Amazonas Dr. Waldemar Penna (HRBA), em Santarém, no oeste do Pará.

A paciente realiza sessões de quimioterapia a cada 21 dias na unidade. Após o diagnóstico, ela conta que foi difícil aceitar a situação e a necessidade do tratamento. Mas, o atendimento de excelência e humanizado que ela recebe no Regional a fez mudar de ideia. “Eu não queria aceitar, mas graças a Deus estou bem agora. Aqui, todos nos acolhem muito bem. Os profissionais sempre se preocupam se a gente está bem, dão muita força. Eu achava que era um bicho de sete cabeças, mas não é. Não me vejo como alguém doente. Para mim, já estou curada”, diz. 

A Kelia Maia Carvalho descobriu um câncer de mama em março deste ano e logo começou o tratamento no HRBA. Ela também realiza as sessões de quimio e aprova o atendimento recebido pelos médicos e colaboradores da unidade.

“Para mim, o tratamento está bem tranquilo. E o atendimento é excelente. Nunca tive nenhum problema, todos são muito atenciosos. Graças a Deus, desde a primeira recepção até o salão, todos me atenderam muito bem. Eu digo sempre a todos que não estou doente, estou tratando de uma doença”, ressaltou.

Referência em Oncologia para 1,4 milhão de pessoas residentes em 30 municípios do oeste do estado, o HRBA pertence ao Governo do Pará e é administrado pelo Instituto Social Mais Saúde (ISMS), que assumiu a operacionalização do HRBA no dia 1° de dezembro de 2022. 

Nos últimos nove meses, já foram 50.573 atendimentos oncológicos, sendo 15.143 consultas, 1.351 cirurgias, 12.546 sessões de quimioterapia, 148 sessões de radioterapia e mais 21.385 exames - como mamografia, tomografia, ultrassonografia e ressonância magnética, entre outros -, de dezembro de 2022 a julho deste ano. No mesmo período, foram registrados 604 novos casos da doença.

“O HRBA realiza um trabalho muito importante para toda a região oeste do estado. A unidade oferece um atendimento oncológico completo e de qualidade. Isso significa que nossos pacientes não precisam sair de Santarém para receber esse serviço de excelência. No Regional, eles têm tudo o que precisam para vencer a batalha contra o câncer”, pontuou o secretário de estado de saúde pública, Rômulo Rodovalho.

Habilitação - O hospital é habilitado pelo Ministério da Saúde como Unidade de Assistência de Alta Complexidade em Oncologia (Unacon), oferecendo assistência geral, especializada e integral ao paciente com câncer, atuando no diagnóstico e tratamento.  

“Nosso hospital busca oferecer sempre o melhor tratamento aos nossos pacientes oncológicos. O setor é o nosso carro-chefe e nossos números mostram como o HRBA oferece serviços de excelência aos usuários. E mais, ofertamos um atendimento humanizado, com o foco sempre no bem-estar dos pacientes. É assim que nos colocamos como uma unidade de referência quando o assunto é oncologia”, destacou o diretor-geral da unidade, Rodrigo Vieira. 

Serviço - Localizado no oeste do Pará, o HRBA é referência em média e alta complexidade e presta serviço 100% referenciado, atendendo à demanda originária da Central de Regulação do Estado. A unidade pertence ao Governo do Pará, sendo administrada pelo Instituto Social Mais Saúde, em parceria com a Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa), e fica localizada na Avenida Sérgio Henn, nº 1100, bairro Diamantino, em Santarém.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.