Sexta, 21 de Junho de 2024
24°

Tempo nublado

Itaituba, PA

Polícia Furto de energia

Operação fecha madeireiras e prende empresários por furto de energia elétrica em Ipixuna do Pará

Furtar energia é crime passível de pena que pode chegar até 8 anos de prisão.

24/08/2023 às 15h35
Por: RB1Notícias Fonte: Wilson Soares - A voz do Xingu
Compartilhe:
Operação fecha duas madeireiras por furto de energia elétrica no Pará. — Foto: Divulgação
Operação fecha duas madeireiras por furto de energia elétrica no Pará. — Foto: Divulgação

Uma operação realizada nesta última terça-feira (22) prendeu três empresários e desmobilizou duas madeireiras que utilizavam irregularmente dois transformadores de alta potência, no município de Ipixuna do Pará, nordeste do estado.

Os criminosos foram autuados em flagrante por furto de energia elétrica, prática popularmente conhecida como “gato”. Os dois transformadores, um de um de 150 KVA e outro de 112,5 KVA de potência, foram apreendidos.

Segundo a concessionária de energia, o valor da energia desviada daria para comprar duas ambulâncias por ano, do tipo padrão, que atenderia a população local.

Os empresários foram encaminhados à delegacia em Paragominas e posteriormente liberados mediante pagamento de fiança. Este é a nono flagrante de fraude de energia do grupo de madeireiros, que atua desde 2018.

A operação foi realizada pela Polícia Civil (PC) em parceria com a Departamento de Polícia Especializada (DPE), Departamento de Operações Especiais (DIOE), Centro de Perícias Cientificas Renato Chaves (CPC) e Equatorial Pará.

 

Como denunciar furto de energia

Furtar energia é crime passível de pena que pode chegar até 8 anos de prisão. A prática também coloca a vida da população em risco e prejudica o fornecimento de energia, podendo ocasionar interrupções.

A população pode denunciar pelo disque denúncia da Polícia Civil 181 e também direto para a Equatorial Pará, ou no telefone 0800 091 0196, pelo site www.equatorialenergia.com.br ou presencialmente nas agências de atendimento.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.