Sexta, 21 de Junho de 2024
24°

Tempo nublado

Itaituba, PA

Polícia Furto de energia

Operação prende 5 por furto de energia em Porto de Moz

Concessionária de Energia acionou a Polícia Civil após de denúncias de furto de energia, provocando oscilações e afetando comunidades locais

15/08/2023 às 19h01
Por: RB1Notícias Fonte: Confirma Noticia / Karina Pinto
Compartilhe:
Reprodução do Site Confirma Notícia
Reprodução do Site Confirma Notícia

Uma operação da Polícia Civil com a Concessionária de Energia do Pará no combate ao furto de energia, em Porto de Moz, no sudoeste do Pará, resultou na prisão de 5 pessoas. Os presos foram levados para delegacia onde foram autuados em flagrante e postos à disposição da justiça.

Segundo a polícia, as investigações começaram a cerca de 30 dias, quando denúncias sobre oscilação no fornecimento de energia em bairros de Porto de Moz se multiplicaram. Moradores passaram a reclamar com frequência, o que levou a empresa a iniciar uma apuração sobre os casos.

Com indícios de furtos de energia elétrica para manutenção de uma madeireira, a polícia foi acionada e na manhã desta segunda-feira (14), deflagrada a operação. 20 agentes participaram da ação que além do crime de furto de energia, também investiga denúncias de crimes ambientais.

Segundo a polícia, as investigações continuam. O caso ganhou repercussão na cidade, moradores acompanharam a operação e criticaram a prática ilegal que prejudicou centenas de famílias. Em nota a Concessionária de energia elétrica do Pará informou que possui um plano de combate às perdas energéticas e que para isso mobiliza equipes exclusivas para esse tipo de ação, que fazem fiscalização em todo o estado.

A empresa esclarece ainda que o trabalho também é realizado com base em denúncias da população, que podem ser feitas por meio dos canais de atendimento, como aplicativo, site e Central de Atendimento por meio do número 0800 091 0196. O furto de energia por meio de ligações clandestinas é considerado crime previsto no artigo 155 do Código Penal Brasileiro. A prática pode gerar diversos prejuízos à sociedade como interrupção no fornecimento e oscilações no nível de tensão, além de causar acidentes graves e fatais como curtos-circuitos e morte por eletrocussão.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.