Sexta, 21 de Junho de 2024
24°

Tempo nublado

Itaituba, PA

Saúde Humanização

Pacientes da observação pediátrica da UPA 24h participaram de ação de pintura

O setor de observação pediátrico foi transformado através da arte e da interação lúdica entre os pequenos pacientes.

20/07/2023 às 10h58
Por: Andria Almeida Fonte: Ascom Santarém
Compartilhe:
Pacientes da observação pediátrica da UPA 24h participaram de ação de pintura

Na manhã desta quarta-feira (19), sete pequenos guerreiros, cujas jornadas se encontram entre medicações e internações, foram transportados para um universo onde eram apenas crianças. Embalados pelo som de melodias infantis, eles se entregaram à alegria do momento, colorindo desenhos com aquarelas e lápis. Seus dedinhos delicados dançavam sobre o papel, dando vida a esboços com as vibrantes cores do arco-íris. A ação, ocorrida na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) 24 horas, é parte do projeto “UP! Ações Humanizadas”, inaugurado hoje na unidade.

Daniele dos Santos Campos, mãe do pequeno Raylan, de apenas dois anos, foi surpreendida ao ver o filho chorar, não de dor ou desconforto, mas por não querer ir embora.

"Foi muito bom entretê-lo e, surpreendentemente, ele chorou pela primeira vez porque queria ficar aqui brincando, se divertindo, mas ninguém gosta de ficar em hospital", disse ela, com um sorriso.

O momento também serviu para a socialização das crianças, que se sentaram ao redor de uma mesa improvisada para conversar, pintar e compartilhar suas obras de arte uns com os outros. Os pais e os colaboradores do setor participaram de uma sessão de alongamentos conduzida pela equipe de estagiários de fisioterapia, proporcionando um momento de relaxamento e descontração.

No meio deste cenário colorido, enfeitado com balões, até o suporte de medicamentos se transformou numa árvore colorida cheia de balões. Houve quem mal percebesse a picada da medicação. Tayla Emanuelly, de oito anos, estava tão animada que, mesmo com um braço parcialmente imobilizado, não deixou de pintar cuidadosamente.

“Eu adoro pintar, já terminei dois desenhos. Foi muito legal”, comentou.

Gustavo Antônio Tavares, estagiário de fisioterapia, que ajudou a organizar a ação, enfatizou a importância dessas iniciativas humanizadoras para a formação de profissionais mais empáticos e dedicados ao bem-estar dos pacientes.

"Ao proporcionarmos momentos como esses para as crianças, não estamos apenas tornando a estadia delas na UPA mais agradável, estamos aprendendo sobre a importância da humanização no atendimento", destacou Gustavo.

Ao final da atividade, as pequenas obras de arte ganharam vida própria, formando um varal de desenhos coloridos que enfeitou o local.

Rodolfo Santos, gerente da UPA, também ressaltou a importância dessas ações humanizadas.

"É fundamental proporcionar um ambiente acolhedor aos nossos pacientes, que vai além do mero tratamento médico. Ações como essa não somente aliviam o estresse do ambiente hospitalar para essas crianças, como também reforçam nosso compromisso de cuidar dos nossos pacientes com empatia e compaixão".

O projeto é fruto de uma parceria entre a Assessoria de Comunicação, o Núcleo de Ensino e Pesquisa (NEP) e a Fisioterapia do HMS, com apoio do setor psicossocial da UPA. A previsão é que seja realizado toda quarta-feira com ações diferentes nos diversos setores da UPA.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.