Sexta, 21 de Junho de 2024
24°

Tempo nublado

Itaituba, PA

Polícia Itaituba

Homem portador de HIV é preso suspeito de estuprar menina de 6 anos e mais duas crianças em Itaituba

A menina teria à polícia contado que o homem chegava bêbado em casa e cometia os abusos

07/06/2023 às 07h37
Por: RB1Notícias Fonte: O Liberal
Compartilhe:
Foto:
Foto:

Um homem de 33 anos foi preso na noite da última segunda-feira (6) suspeito de estuprar uma criança de 6, em Itaituba, sudoeste do Pará. A denúncia do caso teria sido feita por uma professora da vítima e um conselheiro tutelar. O caso foi registrado na 19ª seccional de Polícia Civil. De acordo com publicação feita pelo Giro Portal, o homem é portador do vírus HIV e já vinha estuprando outras duas crianças.

Conforme informações repassadas à polícia, a menina ia várias vezes ao banheiro e isso chamou atenção dos funcionários da escola onde ela estuda. Questionada, a menina teria informado que sofria abusos por parte​​ do marido de sua avó, a quem ela considerava e chamava de “tio”.

Na residência onde a vítima vivia, morava a companheira do suspeito e cinco crianças, sendo duas adolescentes de 13 e 15 anos; dois meninos de 3 anos e 12 anos. Todos eram cuidados pela avó e agora estão sob responsabilidade do Conselho Tutelar.

Avó sabia dos abusos, diz vítima

Ainda segundo o Giro Portal, a menina teria contado à polícia que o homem chegava bêbado em casa e cometia os abusos. A avó teria conhecimento do caso e, inclusive, já teria visto a violência, segundo o que a menina relatou para as autoridades.

Em depoimento, a criança teria detalhado ainda agressões físicas e que o suspeito também tentava abusar de sua irmã, de 15 anos. Segundo informações do Giro Portal, os abusos eram cometidos principalmente quando a avó da criança saía para a igreja.

Diante da gravidade da situação, a polícia foi até a residência do suspeito, que foi preso e agora está à disposição da justiça. O caso continua sendo investigado pela Polícia Civil.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.