Sábado, 25 de Junho de 2022
29°

Poucas nuvens

Santarém - PA

Anúncio
Cultura e Entretenimento 4º Episódio

Veterinária conta seu desejo de esganar quem maltrata animais

Raiane Pessoa falava, durante entrevista ao Trapiche Podcast, sobre maus-tratos contra animais, quando, brincando, comentou sobre o desejo.

07/04/2022 às 16h35 Atualizada em 07/04/2022 às 16h49
Por: Inácio dos Santos Fonte: Redação/RB1
Compartilhe:
Raiane Pessoa em entrevista ao Trapiche Podcast. (Foto: Reprodução/Trapiche Podcast/RB1).
Raiane Pessoa em entrevista ao Trapiche Podcast. (Foto: Reprodução/Trapiche Podcast/RB1).

Com um sorriso no rosto e em forma de brincadeira, Raiane Pessoa, médica veterinária, disse ao Ttrapiche Podcast: “Às vezes, dá vontade de esganar a pessoa que maltrata um animal (rsrs)”. A profissional participou do 4º episódio do programa, que foi ao ar no dia 31 de março.

O trecho da entrevista falava de maus-tratos animal; o que, conforme Raiane, configura-se em um assunto bem amplo, ao contrário do que muitos pensam. “Hoje em dia, tem muitos que não têm a concepção de maus-tratos bem definida. Por exemplo: o animal que já está há 3 dias sem comer; isso é considerado maus-tratos, e tem gente que acha que não. Animal que está infestado de ectoparasita também é considerado maus-tratos”, disse.

A veterinária relatou resumidamente acerca de suas vivências no decorrer da vida profissional. Na ocasião, disse que já enfrentou diversas situações, as quais trazem o desejo de agir de maneira grotesca com alguns clientes.

“Em algumas situações, pessoas chegam ao consultório, e a gente respira fundo, engole seco abre um sorriso e fala e orienta, porque a vontade era até de bater nas pessoa (rsrs). Já teve situações de eu ser bem grossa com o cliente, porque deixou chegar a uma situação quase que insustentável [...]”, pontuou. Então, a gente tem que ser muito correta nos procedimentos e orientar muito o tutor com calma que aquilo não pode acontecer, que aquilo está errado, que tem de cuidar direitinho, por conta disso e daquilo. Mas teve situações, por exemplo, eu não sei se você sabe o que é miíase.

Contudo, Raiane reforça que sempre preza pela orientação. Mas reforça que, por conta de certas ocasiões, alguns profissionais da área chegam a desistir ou trocar de profissão.

“Enfim, às vezes, dá vontade de esganar a pessoa, mas é uma situação que a gente acha muito triste e tem de orientar [...]. Você tem que saber lidar. Existem veterinários que desistem da profissão ou troca de profissão, porque chegam até medidas mais extremas [...]”, finalizou.

Assista ao trecho da entrevista:

O Trapiche Podcast é exibido em todas as segundas e quintas, a partir das 18h30, no You Tube e principais plataformas de áudio digitais. Links:

You Tube: https://www.youtube.com/channel/UCvcoMrwl5twWgv6YXfNRhxg;

Instagram: https://www.instagram.com/trapichepodcast/;

Facebook: https://www.facebook.com/trapichepodcast/.

Receba as notícias do RB1 em primeira mão pelo WhatsApp Clique aqui.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Santarém - PA Atualizado às 11h46 - Fonte: ClimaTempo
29°
Poucas nuvens

Mín. 23° Máx. 31°

Dom 30°C 22°C
Seg 31°C 22°C
Ter 32°C 21°C
Qua 32°C 22°C
Qui 30°C 22°C
Anúncio
Anúncio
Horóscopo
Áries
Touro
Gêmeos
Câncer
Leão
Virgem
Libra
Escorpião
Sagitário
Capricórnio
Aquário
Peixes
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio