Sábado, 25 de Junho de 2022
29°

Poucas nuvens

Santarém - PA

Anúncio
Cidades BR-230

Em 2º dia de protesto, indígenas liberam rodovia Transamazônica no Pará

Grupo reclama que condicionantes ambientais da usina hidrelétrica de Belo Monte não estão sendo cumpridas, de falta da autonomia de uso de recursos por aldeias e das condições da BR-230.

16/02/2022 às 18h49
Por: RB1Notícias Fonte: G1 Pará
Compartilhe:
Indígenas protestam no Pará e reclamam que condicionantes da Usina do Xingu não estão sendo cumpridas — Foto: PRF/Divulgação
Indígenas protestam no Pará e reclamam que condicionantes da Usina do Xingu não estão sendo cumpridas — Foto: PRF/Divulgação

A rodovia BR-230, conhecida como Transamazônica, teve o trânsito liberado no início da tarde desta quarta-feira (16) por indígenas,que desde a madrugada de terça (15) protestam na área.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), às 13h45 desta quarta o tráfego foi totalmente liberado. Durante a manhã, apenas veículos de emergência passavam pela rodovia federal, que é de chão batido. Ao longo da terça, o trânsito foi liberado apenas no início da tarde e da noite.

O grupo com cerca de 170 indígenas de seis etnias deixou o km 786 em frente à uma Base de Segurança Territorial da Etnia Arara, onde protestava, e foi para a sede da Fundação Nacional do Índio (Funai) em Altamira (PA).

Entre as principais reivindicações está o não cumprimento de condicionantes da Usina Belo Monte, de responsabilidade da empresa Norte Energia, como a implantação da unidade de proteção para as aldeias.

Outra cobrança dos representantes indígenas é o asfaltamento da BR-230, entre a cidades de Medicilândia e Rurópolis.

Eles também não concordam que a administração de recursos financeiros destinados às aldeias seja feita pela Funai e pedem que as comunidades tenham autonomia.

A Justiça Federal acompanha as reivindicações dos indígenas, pois as condicionantes que eles dizem não estarem sendo cumpridas são objeto de ação do Ministério Público Federal (MPF), que também acompanha a situação.

Questionadas, a empresa e o MPF não detalharam até a publicação desta reportagem qual prazo estabelecido para que as condicionantes fossem cumpridas. A Funai foi procurada pela imprensa, mas não retornou.

Em nota na terça-feira, a Norte Energia informou que não recebeu a pauta com reivindicações.

"A empresa mantém diálogo permanente, aberto e transparente com os Povos Indígenas do Médio Xingu, que se dá de forma estruturada, respeitosa, inclusiva e participativa por meio de interações diárias mantidas pelo Programa de Comunicação e também de reuniões tripartites, que envolvem a participação de representantes indígenas e do órgão indigenista para discussão e análises das ações em execução", informou a nota.

Receba as notícias do RB1 em primeira mão pelo WhatsApp Clique aqui.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Medicilândia - PA
Sobre o município Notícias de Medicilândia - PA
Santarém - PA Atualizado às 11h05 - Fonte: ClimaTempo
29°
Poucas nuvens

Mín. 23° Máx. 31°

Dom 30°C 22°C
Seg 31°C 22°C
Ter 32°C 21°C
Qua 32°C 22°C
Qui 30°C 22°C
Anúncio
Anúncio
Horóscopo
Áries
Touro
Gêmeos
Câncer
Leão
Virgem
Libra
Escorpião
Sagitário
Capricórnio
Aquário
Peixes
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio