Quarta, 22 de Setembro de 2021
33°

Poucas nuvens

Santarém - PA

Cidades Altamira

Mãe de Ângela se prepara para ficar frente a frente com assassino de sua filha

Um caso que chocou até mesmo a equipe que investigou o assassinato e estupro de Ângela.

07/08/2021 às 11h01
Por: RB1Notícias Fonte: Confirma Notícia
Compartilhe:
Foto: Vale do Xingu
Foto: Vale do Xingu

A garota feliz que amava dançar e queria ser policial, realizou dois sonhos antes de morrer. Ganhar uma bicicleta e ter uma festa com o tema da 'Masha e o urso'. As fotos do último aniversário estão no celular e na memória da mãe. 

"Ela tava tão feliz, sabe. A Ângela também sonhava em ser policial", conta Joyce. 

Com a morte da única neta, a avó decidiu vender a residência. Um caso que chocou até mesmo a equipe que investigou o assassinato e estupro de Ângela. Augusto segue preso no Complexo Penitenciário de Vitória do Xingu. Ele pode responder por dois crimes: estupro de vulnerável e homicídio qualificado. A perícia ainda apontou que a criança teve traumatismo craniano.

A primeira audiência do caso já tem data para acontecer, dia 19 de agosto no Fórum de Altamira. Será a primeira vez que Joyce ficará frente a frente com Augusto.

Você está preparada para ficar frente a frente com ele?

"Não. Mas estou me preparando e quero perguntar pra ele por que ele teve coragem de fazer isso com ela? Por que destruiu minha vida?", fala Joyce.

Em plena pandemia, só no ano de 2020, foram mais de 95 mil denúncias de violência contra crianças e adolescentes, sendo que mais de nove mil correspondem a abuso sexual, estupro e exploração sexual. Um caso recente, já em 2021, é da pequena Vitória Policena de apenas 04 meses que morreu com suspeita de ter sido estuprada. Até agora ninguém foi preso.

Tentando seguir a vida e com acompanhamento psicológico. A tatuagem foi para a mãe eternizar o amor pela filha. Para o presente, Joyce quer justiça e para o futuro dias melhores para a caçula que vai chegar.

"Eu quero justiça! E sei que até hoje muitas pessoas me julgam, mas eu jamais teria coragem de ser conivente com tudo isso. Era minha filha, saiu de dentro de mim. Eu não sabia! A partir do momento que eu soube, pra mim ele é um monstro", desabafa Joyce.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.