Quarta, 22 de Setembro de 2021
32°

Poucas nuvens

Santarém - PA

Especiais Equatorial Energia

Casa do Menino Jesus é beneficiada com projeto de eficiência energética da Equatorial Pará

O investimento total da empresa no projeto foi em torno de R$ 332 mil

25/06/2021 às 16h58 Atualizada em 25/06/2021 às 17h23
Por: RB1Notícias Fonte: Ascom Equatorial
Compartilhe:
Fotos: Três produtora (Gerente de relacionamento com clientes especiais, Haroldo Nobre e Alda Menezes, coordenadora da Casa Menino Jesus)
Fotos: Três produtora (Gerente de relacionamento com clientes especiais, Haroldo Nobre e Alda Menezes, coordenadora da Casa Menino Jesus)

Nesta sexta-feira, 25, a Equatorial Pará entregou o projeto que irá beneficiar com redução de cerca de 100% na conta de energia elétrica da Casa do Menino Jesus, localizada em Belém. A iniciativa faz parte do Programa de E+Energia do Bem, que consiste em promover o uso eficiente da energia elétrica em todos os setores da economia por meio de projetos que demonstrem a importância e a viabilidade econômica de melhoria em instituições sociais e famílias consideradas de baixa renda no Estado. 

Os recursos utilizados no projeto de eficientização da instituição contemplam a instalação de 68 painéis solares e 2 inversores, resultando na economia de aproximadamente 39,67 MWH/ano (Megawatt hora por ano), o que equivale ao consumo de 33 casas populares. Além disso, visando atender as necessidades do espaço e trazer mais conforto luminoso ao local, a empresa também realizou a troca de 31 lâmpadas antigas por modelos de LED, consideradas 85% mais econômicas, 7 refrigeradores e 6 centrais de ar, tudo para resultar no menor consumo. O investimento total da empresa no projeto foi em torno de R$ 332 mil. 

Com a implantação do sistema solar e substituições de equipamentos de alto consumo por novos com selo Procel e tipo A em eficiência, há uma estimativa que a redução mensal seja de 100% na fatura da Instituição, ou seja, a partir de agora a expectativa é que a Casa Menino Jesus não tenha mais gastos com consumo de energia. 

A atual coordenadora da Instituição, Alda Menezes, celebra o investimento que irá beneficiar a Casa do Menino Jesus:

"Após a graça maravilhosa que recebemos da Equatorial, aumentou a qualidade de vida das crianças que atendemos, principalmente o fato de antes usarmos apenas ventiladores e hoje podemos dar assistência em quartos com centrais de ar, então só temos a agradecer a empresa", comemora. 

Para o engenheiro da área de Eficiência Energética da Equatorial Pará, Willian Melo, o programa, além de ofertar mais economia, também é focado nas áreas social e ambiental.

"Estamos sempre inovando e aprimorando nosso olhar com mais sensibilidade para que possamos usar os investimentos e contribuir diretamente na qualidade de vida aos paraenses. O nosso papel sempre será buscar soluções e ações que tragam resultado e satisfação para as pessoas, pensando também no benefício ambiental que toda eficientização energética proporciona", destaca Willian. 

Sobre a instituição– A Casa do Menino Jesus é uma entidade filantrópica que existe há 20 anos e foi fundada pela irmã Maria Andrade, já falecida, oferecendo assistência a crianças e adolescentes vindas do interior e de outros estados, através do Sistema Único de Saúde (SUS) para realizar tratamento oncológico em hospitais na capital do Estado, como no Hospital Ofir Loyola, Fundação Santa Casa de Misericórdia e Hospital das Clínicas Gaspar Vianna. 

PRÓXIMOS INVESTIMENTOS

O programa da E+ Energia do Bem da Equatorial Pará deve entregar até dezembro deste ano outros oito projetos que envolvem implantação de sistemas gerados por placas solares e substituições de equipamentos em todo o Estado. Entre eles, foram contempladas as instituições Casa Irmã Serafina em Altamira; Projeto Juquinha, em Paragominas; Instituição Castanhal, na cidade modelo e as entidades de Belém como o Movimento República de Emaús, Fundação Pestalozzi do Pará, Comunidade Santa Isabel da Hungria, Hospital Santo Antônio Maria Zacarias e Associação Missão.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.