Cidades Transamazônica

DNIT acusado de abandonar trecho interrompido da Transamazônica, em Vitória do Xingu, no Pará

Motoristas se arriscam em um desvio feito para que o tráfego de veículos não fosse interrompido.

23/04/2021 11h37
Por: RB1Notícias Fonte: Portal Santarém
Reprodução de Rede Social
Reprodução de Rede Social

A população da região do Xingu, no Pará, mais precisamente entre os municípios de Altamira e Vitória do Xingu, bem como motoristas que usam diariamente a rodovia Transamazônica (BR-230), denunciaram à nossa reportagem o abandono do órgão responsável pela manutenção da rodovia, nesse caso o DNIT (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transporte), com relação ao trecho que foi interrompido no km 584 da referida rodovia, que se partiu ao meio durante uma forte chuva, há mais de três semanas, fazendo com que os motoristas se arrisquem em um desvio, sendo que até agora o DNIT não tomou providências para reconstruir esse trecho. 

Nossa reportagem entrou em contato com o DNIT, sobre essa situação. Um dos representantes do órgão na região informou que a autarquia está atuando para garantir a trafegabilidade no segmento do km 584 da BR-230/PA, com a maior brevidade possível. 

Segundo Nota do DNIT, o rompimento da rodovia ocorreu em aproximadamente 80 m de pista, mas comprometeu cerca de 400 m do pavimento. Com isso, será necessária a demolição e posterior reconstrução de grande parte do trecho, em função de instabilidade no local. A partir da análise técnica, será implementada solução mais complexa e robusta de engenharia no local, para evitar a possibilidade de futuros rompimentos no segmento. Levando em consideração essa complexidade, o DNIT atualmente está empenhando todos os esforços no desenvolvimento de projeto técnico que possa garantir uma solução adequada e segura à questão. O projeto será finalizado ainda este mês. 

O DNIT informou que, após a finalização do projeto e liberação do orçamento, será realizada a contratação emergencial para as obras de contenção e de reconstrução do pavimento. Atualmente está disponível desvio em boas condições, acrescentando cerca de 40km ao percurso, utilizando traçado de rodovias municipais existentes no local. O prazo legal para conclusão das obras é de 180 dias a partir da decretação, ocorrida em 6 de abril deste ano. O DNIT atua para que a conclusão da obra ocorra antes desse prazo

Um caminhoneiro, em contato com nossa reportagem, disse  seguinte "Isso é muita incompetência desse órgão, pois qualquer empresa faz em um verão 20km de asfalto E eles estão pedindo 66% de um verão para consertar 400 metros de pista. Isso é uma vergonha!". 

Enquanto o DNIT não resolve esse grave problema, quem se arrisca são os motoristas, pais de famílias, que usam diariamente esse rodovia para trabalhar.  

 

Gostou da nossa matéria? Clique aqui e receba notícias do Portal RB1 no seu WhatsApp. Entre em no grupo.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Santarém - PA
Atualizado às 16h50 - Fonte: Climatempo
29°
Pancada de chuva

Mín. 22° Máx. 31°

33° Sensação
17 km/h Vento
79% Umidade do ar
90% (8mm) Chance de chuva
Amanhã (16/05)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 23° Máx. 30°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.
Segunda (17/05)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 24° Máx. 30°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.