Cultura e Entretenimento Festival

MOSTRA COMPETITIVA DO FESTIVAL DE CINEMA DE ALTER DO CHÃO 2020

filmes de temáticas indígena, ambiental, amazônica, de cineastas como Ciavatta e Tendler, e países como Irã, Filipinas, México, Cuba e Bósnia, fazem parte do festival de cinema de Alter do Chão.

18/10/2020 12h00 Atualizada há 2 semanas
Por: RB1Notícias Fonte: Ascom do Festival de Cinema de Alter do Chão
Imagens Internet
Imagens Internet

Foram selecionados em todas as categorias 121 filmes do Brasil e de países de todos os continentes. Destes, 80% são inéditos  demonstrando  que a produção cinematográfica é fértil e alinhada, no seu âmago, ao tema do festival : “Um olhar para a Amazônia, os povos do mundo, a valorização do cinema, das artes, o reconhecimento dos direitos globais e da natureza”. Dos selecionados, 51 filmes são de temáticas indígena, ambiental e amazônica.

Segundo o diretor-geral  do FESTALTER 2020 Locca Faria (cineasta, fotógrafo, produtor e diretor) , - “Teremos na Mostra Competitiva 42 horas de filmes da mais alta qualidade, ricos em conteúdos, com temáticas e olhares variados, trazendo informações diversas, fazendo de Alter do Chão e da Amazônia o palco do cinema brasileiro e mundial”.

A coordenação da curadoria foi realizada pelo diretor e cineasta Anselmo Duarte Jr. , que trabalhou incansávelmente com uma equipe de curadores da mais alta qualidade formada por cineastas, jornalistas, profissionais do cinema, do audiovisual, produtores, diretores, roteiristas de várias regiões do Brasil, da Amazônia e do exterior, que analisaram os 2072 filmes de 105 países inscritos,  seleção que trouxe uma enorme dificuldade de escolha pela qualidade excelente dos filmes.

Troféu Muiraquitã

O júri do festival formado por grandes nomes como Pedro Bial, Célia Maracajá, Zezé Motta, Indaiá Freire, Marcelo Tas e Xavier de Oliveira (presidente) terá a árdua tarefa de dar aos vencedores, em suas categorias, o troféu Muiraquitã criado pelo artista artesão Rony Borari de Alter do Chão.

Alguns filmes selecionados são de diretores conhecidos, outros de diretores novos, tanto do Brasil quanto do exterior como: “Amazônia - Sociedade Anônima” de Estêvão Ciavatta (Brasil), “Fio da Meada” de Silvio Tendler (Brasil), “Dança da Vida” de PeymanZandi (Irã), “O Doce Sabor do Pão Salgado e Cuecas” de Che Espiritu (Filipinas), “Mestre Cupijó e seu Ritmo” de Jorane Castro (Brasil), “Maquis” de Rubén Bure (Espanha).

MOSTRA PARALELA tem 202 filmes selecionados

A "Mostra Paralela" terá 202 filmes divididos em vários temas: “Feito por Mulheres, "Presença" (sobre representação de grupos minoritários), "Cinema ambiental e indígena", "Ficções  pelo mundo", "Registros e Memórias", "Experimental" e "Infantil e Animação".

 

Fonte: Eulália Figueiredo (Assessoria de Imprensa )

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Santarém - PA

Santarém - Pará

Sobre o município
Santarém é um município brasileiro do estado do Pará, o terceiro mais populoso do estado, atrás somente da capital, Belém e de Ananindeua, sendo o principal centro urbano, financeiro, comercial e cultural do oeste do estado. É sede da Região Metropolitana de Santarém, o segundo maior aglomerado urbano do Pará. Pertence à mesorregião do Baixo Amazonas e a microrregião de mesmo nome. Situa-se na confluência dos rios Tapajós e Amazonas. Localizada a cerca de 800 km das metrópole
Santarém - PA
Atualizado às 22h20 - Fonte: Climatempo
28°
Muitas nuvens

Mín. 24° Máx. 35°

28° Sensação
10.5 km/h Vento
39.9% Umidade do ar
90% (8mm) Chance de chuva
Amanhã (01/11)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 24° Máx. 35°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.
Segunda (02/11)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 23° Máx. 29°

Chuvoso