Dólar comercial R$ 5,32 -0.374%
Euro R$ 6,01 -0.33%
Peso Argentino R$ 0,08 -0.53%
Bitcoin R$ 52.205,57 +0.359%
Bovespa 100.031,83 pontos +0.88%
Economia Saque emergencial

O que fazer se você não quer realizar o saque emergencial do FGTS

O trabalhador que não quer fazer o saque emergencial do FGTS pode avisar a Caixa ou esperar que o valor que será debitado retorne à conta de origem.

29/06/2020 16h14
Por: RB1Notícias Fonte: Correio Braziliense
Imagens de Divulgação
Imagens de Divulgação

A Caixa Econômica Federal liberou, nesta segunda-feira (15/6), as consultas sobre o saque emergencial do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). Por meio de diferentes canais, o trabalhador já pode saber o valor que tem disponível e quando ele será depositado e poderá ser sacado. Mas e se o trabalhador não quiser retirar esses recursos agora, o que deve fazer?

Nesse caso, a pessoa pode informar à Caixa que não quer fazer o saque emergencial e prefere deixar o dinheiro guardado na conta FGTS. Para isso, o trabalhador deve acessar o site do FGTS ou usar o app do FGTS para celular. Uma vez no sistema, informar do CPF ou NIS; informar a senha (ou cadastrar uma, caso não tenha); e depois de visualizar o valor disponível, clicar no botão "Não quero receber".

Área do site da Caixa onde o trabalhador pode informar que não deseja fazer o saque emergencial do FGTS(foto: Reprodução)Foto: Imagens Ilustrativa 

A Caixa aceitará o aviso até 10 dias antes da data programada para que o dinheiro fique disponível na conta poupança social digital, que o banco criará especialmente para o depósito do benefício. Veja abaixo o calendário, que segue o mês de nascimento do trabalhador. Ali, fica claro que, pessoas nascidas em janeiro, terão até 19 de junho (10 dias antes do depósito) para recusar o saque emergencial.

O que acontece se o trabalhador não fizer o aviso?  

Se o trabalhador não fizer, dentro do prazo, o aviso de que não quer receber o saque emergencial, ele deverá aguardar até que o dinheiro debitado retorne à conta FGTS de onde foi retirado. Se o valor depositado na poupança social digital não for movimentado até 30 de novembro de 2020, os recursos serão retornados à conta do FGTS, "devidamente corrigidos e sem nenhum prejuízo ao trabalhador", segundo a Caixa.

Calendário do saque emergencial do FGTS:

Na tabela abaixo, são apresentados o mês de aniversário seguido da data em que o crédito entrará na conta e o dia em que a pessoa poderá fazer o saque ou a transferência:

  • Janeiro: 29 de junho (conta) e 25 de julho (saque)
  • Fevereiro: 6 de julho (conta) e 8 de agosto (saque)
  • Março: 13 de julho (conta) e 22 de agosto (saque)
  • Abril: 20 de julho (conta) e 5 de setembro (saque)
  • Maio: 27 de julho (conta) e 19 de setembro (saque)
  • Junho: 3 de agosto (conta) e 3 de outubro (saque)
  • Julho: 10 de agosto (conta) e 17 de outubro (saque)
  • Agosto: 24 de agosto (conta) e 17 de outubro (saque)
  • Setembro: 31 de agosto (conta) e 31 de outubro (saque)
  • Outubro: 8 de setembro (conta) e 31 de outubro (saque)
  • Novembro: 14 de setembro (conta) e 14 de novembro (saque)
  • Dezembro: 21 de setembro (conta) e 14 de novembro (saque)

Gostou da nossa matéria? Clique aqui para receber as principais notícias do Portal RB1 no Whatsapp.

 
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Santarém - PA
Atualizado às 06h14 - Fonte: Climatempo
23°
Nuvens esparsas

Mín. 23° Máx. 31°

23° Sensação
2 km/h Vento
94% Umidade do ar
90% (5mm) Chance de chuva
Amanhã (13/07)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 22° Máx. 32°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.
Terça (14/07)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 23° Máx. 32°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.