Polícia Caso Claudiane

Assassinato de adolescente de 13 anos segue sem esclarecimento em Novo Progresso

O crime foi em 2015 e o principal suspeito continua respondendo, mas alega inocência.

21/06/2020 19h04 Atualizada há 3 semanas
Por: RB1Notícias Fonte: O Liberal
Adolescente foi encontrado pendurado em uma árvore, enforcado e sem as roupas. | Foto: Folha do Progresso / Reprodução
Adolescente foi encontrado pendurado em uma árvore, enforcado e sem as roupas. | Foto: Folha do Progresso / Reprodução

Uma tragédia que causou comoção na cidade de Novo Progresso continua sem solução passados cinco anos do fato ocorrido. No dia 18 de abril de 2015, o corpo da adolescente Antonia Claudiane de Souza Silva, à época com 13 anos, foi encontrado pendurado em uma árvore, enforcado e sem as roupas, ao lado da pedreira desativada Vale do Curuá.

• Itaituba ultrapassa a marca de 2 mil casos de covid-19 e tem 45 óbitos

Havia então cinco dias que a menor havia desaparecido, depois de ter saído de casa para ir à escola João Carlos Batista, onde estudava. A família procurou por ela por toda a cidade, até ser informada da descoberta de seu corpo em uma área de mata, com sinais de violência sexual.

Legenda (Reprodução / Folha do Progresso)

À época, a policia levantou varias hipóteses para o homicídio. Colheu informações e tomou depoimentos de várias pessoas, entre elas o padrasto da menor, que teria entrado em contradição em suas respostas e acabou apontado como principal suspeito.

De acordo as informações colhidas no inquérito, Aguinaldo Pereira da Silva tinha ciúmes da enteada, o que mais tarde foi confirmado por uma tia da menor ao Conselho Tutelar do município. O padrasto negou envolvimento no crime, mas precisou ser retirado da delegacia por medida de segurança, pois a população queria linchá-lo.

Legenda (Reprodução Folha do Progresso)

A mãe da garota de Claudiane defendeu o companheiro e, em entrevista à imprensa, contou que após a prisão de Aguinaldo sob a acusação de ser o assassino de sua filha, só obteve informações dele por meio do advogado, mas, afirmou que tinha plena confiança na sua inocência.

A mãe chegou inclusive a cobrar da Justiça a divulgação do laudo pericial. Disse ainda que o companheiro nunca havia sido agressivo com a filha e nem com ela. "Boatos que saíram sobre isso é tudo mentira. As pessoas falam muito sem ter provas de nada, quem vivia com ele era eu e ela'', declarou.

Passado cinco anos e mais de 100 dias do crime, o caso da menor continua sem solução. O padrasto ainda responde pelo assassinato e sustenta que é inocente.

Gostou da nossa matéria? Clique aqui para receber as principais notícias do Portal RB1 no Whatsapp.

 
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Sobre o município
Notícias de Novo Progresso - PA
Santarém - PA
Atualizado às 06h56 - Fonte: Climatempo
23°
Alguma nebulosidade

Mín. 23° Máx. 31°

23° Sensação
8.9 km/h Vento
94% Umidade do ar
90% (5mm) Chance de chuva
Amanhã (13/07)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 22° Máx. 32°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.
Terça (14/07)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 23° Máx. 32°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.